Libri Quarti Distichon Catonis duodetricesimum

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Libri Quarti Distichon Catonis duodetricesimum

Mensagem por Elpídio Mário D Fonseca em Ter Set 30, 2014 8:05 pm

LIBER IV
 
28.       Parce laudato; nam
Quem tu saepe probaris,
Una dies qualis fuerit
Ostendet amicus.
 
Parce, adv, moderamente, com comedimento.
Laudo, as, are, avi, atum, louvar, elogiar.
Probo, as, are, avi, atum. Achar bom, apreciar, aprovar, demonstrar.
Saepe, adv, muitas vezes, freqüentemente.
Nam, porque, de fato, realmente
Ostendo, is, ere, ostentum, expor, apresentar, mostrar.
 
Reformulação
 
 
Laudato parce; nam una dies ostendet quem saepe tu probaris qualis amicus fuerit.
 
 
 
28.       Parce laudato; nam
Quem tu saepe probaris,
Una dies qualis fuerit
Ostendet amicus.
 
 

Tradução: Louva moderadamente; porque um só dia mostrará 
aquele por quem muitas vezes tu és apreciado que amigo será.

Prezado Professor Rafael,
 
Boa noite! Como está?
 
Estes foram os dísticos mais difíceis que encontrei até agora, e, parece-me que, se captei o sentido em português ( do que duvido), não entendi a forma latina.
 
Será que o senhor poderia fazer uma análise dos dois dístico.
Muito obrigado e que Deus o abençoe.
 
Abraço,
Elpídio
avatar
Elpídio Mário D Fonseca

Número de Mensagens : 323
Idade : 50
Nacionalidade : brasileiro
Data de inscrição : 20/05/2013

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Libri Quarti Distichon Catonis duodetricesimum

Mensagem por Elpídio Mário D Fonseca em Qui Out 02, 2014 7:24 pm

Prezados colegas,

Segue a resposta correta, oferecida pelo Professor Rafael Falcón, à minha indagação quanto à tradução dos dísticos:

Caríssimo Elpídio,

Probaris realmente é 2a. pessoa da voz passiva de probo, mas neste caso temos um acusativo (quem) respondendo ao verbo -- indicação de que ele não está na voz passiva. Na verdade, trata-se de forma sincopada de probaveris, subjuntivo perfeito.

Você entendeu una dies como sujeito de ostendet, mui corretamente, pois está no nominativo. Mas na tradução acrescentou um "aquele que", que em latim normalmente seria representado por um illum qui. Em vez disso, temos qualis amicus fuerit (que tipo de amigo terá sido).

una dies ostendet qualis amicus fuerit (ille, quem saepe probaveris).

Um só dia mostrará que tipo de amigo terá sido (aquele que frequentemente aprovaste).

Parece-me ser o sentido: "experimenta elogiar moderadamente um amigo que, antes, costumavas louvar à larga, e verás como ele deixa de ser teu amigo em um só dia". Ou: "alguns só são amigos de quem os bajula; portanto, elogia com parcimônia, para que não atraias esses tipos".

Faltou o segundo dístico!

Um abraço,

Rafael F
avatar
Elpídio Mário D Fonseca

Número de Mensagens : 323
Idade : 50
Nacionalidade : brasileiro
Data de inscrição : 20/05/2013

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum